Praça

A Praça fica situada bem no centro da vila antiga e histórica de Loriga, quase no final da Rua Sacadura Cabral e no começo da Rua Cónego Nogueira. Não se sabe ao certo a razão deste local ser assim designado, mas há relatos que indicam que ali se teriam vendido legumes, feijão, fruta, etc.

Durante longas décadas este local erao centro da vila, onde as pessoas se encontravam para amenas cavaqueiras. Foi um local marcante para muito Loriguenses. Quantos olhares ali se trocaram, como um princípio de amor, quantas vezes os rapazes ali se quedarem horas para ver passar a sua amada, quantas novidades, segredos e boatos ali se ouviam, para rapidamente chegarem às casas por toda a vila.

Foi ali que nasceu o primeiro café de Loriga, aberto por um loriguense de seu nome António Machado, em 1945, situado onde é hoje a garagem do prédio do "Zé Maria". Curiosamente, anos mais tarde veio a abrir o café "Neve" do então proprietário do prédio, o senhor José Maria. Mesmo em frente existia o café do senhor Carlos Pina, mais tarde adquirido pela família Cristóvão, que ainda hoje lhes pertence e ali continua a existir.

Se este pitoresco lugar duma "Loriga de outras eras" era já um local acorrido com a existência dos dois ditos cafés, mais especial se tornou com o aparecimento da televisão. Era ali, olhando através da porta e das janelas do café do Ti Zé Maria que se podia ver essa "caixinha mágica" que estava já a revolucionar o mundo. Nesses tempos quase sempre se via a Praça apinhada de gente, uns em grupo em animada conversa, outros a tentarem ver a televisão e ainda outros apenas ali se quedavam para ver quem passava. Muitas vezes acontecia quererem as pessoas passar e quase que nem podiam.

Falando-se da Praça não se podem esquecer os dois maiores imóveis ali situados e que fazem parte do historial da vila de Loriga. Um deles era o prédio da Escola onde funcionava a escola primária, além de ser também casa de habitação de professores. Mesmo depois da construção do primeiro da Escola Primária de Loriga (onde hoje é a Junta de Freguesia), este prédio continuou a dar apoio à escola primária devido ao elevado número de crianças em idade escolar naquela época.

O outro imóvel era conhecido pelo prédio do Ti Zé Maria. É um prédio habitacional que, além dos cafés que ali existiram, também acolheu a padaria do Ti Zé Maria que ali funcionou dezenas de anos. Hoje continua a ser parte da história da Praça visto que é ali que funciona a Farmácia.

Este que foi o local central de Loriga durante longas décadas, foi perdendo esse protagonismo quando nos finais da década de 1970 a Carreira veio ocupar essa posição. No entanto, a muitos Loriguenses que ali passam ocorrem as lembranças daquele local cheio de muita e muita gente, muitos que naquele local conviveram e por lá passaram uma última vez para ali não mais voltarem.



Páginas relacionadas

Páginas com etiquetas similares:

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License