Canção de Saudade

ÍNDICE Minha Terra Natal « anterior |

Autoria | Autor desconhecido

Criado em | .

Estilo poético | Canção

O Loriguense longe da Terra distante
Nunca esquece Loriga
P´ra ele a vida é uma luta constante
Mas não esquece Loriga
Partiu com fé, com sonho no porvir
Mas não esqueceu Loriga
Foi essa fé que certo dia
O fez partir
Que o fez vencer
E o levou a regressar.

{Refrão}

"Percorre a Vila
Vai à Senhora da Guia
A Padroeira
Por quem temos devoção
Sobe o mirante
Onde tudo é magia
E levará Loriga no coração."

Vale sempre a pena, regressar à Terra querida
Que certo dia, nos viu nascer
Matar saudades, com a bela gente amiga
Que em tempos idos, nos viu crescer
E salutar, admirar a ver seus montes
Beber a água, que canta nas fontes
E na carreira, abraçar a cada instante
Um velho Amigo, um parente, um emigrante.

______

Comentários a este poema

Adicionar um Novo Comentário
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License