Versos a Loriga

Autoria | Mário Gonçalves da Cruz

Criado em | .

Estilo poético | Canção

Refrão :
Loriga tens mais encanto
Na hora do nosso adeus
Loriga tens mais encanto
Na hora do nosso adeus.

Mas nós sempre voltaremos
À terra que nos viu nascer
Que os nossos anseios supremos
Não nos deixaremos morrer

Refrão :
Loriga tens mais encanto
Na hora do nosso adeus
Loriga tens mais encanto
Na hora do nosso adeus.

A paisagem que te cerca
É tão linda de morrer
Que ela nunca se perca
Para te deixar viver

Refrão :
Loriga tens mais encanto
Na hora do nosso adeus
Loriga tens mais encanto
Na hora do nosso adeus.

Mas Loriga é sempre bela
Na vinda há sempre alegria
Ao avistar-se a Capela
De Nossa Senhora da Guia

Refrão final :
Loriga tens mais encanto
Na hora do nosso adeus
Loriga tens mais encanto
Na hora do nosso adeus.
uum uum uum uum etc.

______

Comentários a este poema

Adicionar um Novo Comentário
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License