Poema ao Mirante

ÍNDICE Dorme, Loriga « anterior |

Autoria | Adelino Manuel Martins de Pina

Criado em | .

Estilo poético | Quadras

O Mirante é uma varanda
Parecendo não haver outro igual
Dali se avista a Vila de Loriga
Das mais lindas de Portugal

Alguém disse um dia
Ao paisagem dali admirar
Parecia sentir-se passarinho
Que bem alto ia a voar

Ali se vai inspirar, o poeta
O fotógrafo e também o escritor
Mas muitos mais ali vão
Ao sentirem-se sonhadores

Ao fundo eu vejo a ribeira
No Poço Forte está meu olhar
Vezes sem conta ali ia eu
Para nas suas águas me banhar

Ao mirante vou olhar Loriga
Para a levar de recordação
Apesar de estar longe dela
A quero ter sempre no coração

______

Comentários a este poema

Adicionar um Novo Comentário
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License