Loriga

ÍNDICE Sem título « anterior |

seguinte » Loriga

Autoria | José Lages Caçapo

Criado em | .

Estilo poético | Quadras

Se vos pudesse ver num banho sauna
Livre dos enfeites com que tu te vestes
Talvez me sentisse flora e depois fauna
Inebriado dos teus odores azuis celestes.

Ficávamos sós os dois em cada cachoeira
Debaixo da lava fogo liquefeita em águas
Feita de cheiros, de flores de amendoeira
Lavando corpos suados de certas mágoas.

E no turbilhão daquele que foi o nosso poço
De uma ribeira que ainda não era sequer rio
Cheia de espuma, de fundos onde se periga.

Todo aquele dia sem fim foi apenas nosso
Onde nem demos conta de tantas horas a fio
Perdemos-nos lá nos caminhos de LORIGA.

______

Comentários a este poema

Adicionar um Novo Comentário

Páginas relacionadas

Páginas com etiquetas similares:

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License