Foi num Domingo por lá

ÍNDICE Minha terra amada sempre « anterior |

seguinte » LORIGA - MALHA PÃO

Autoria | José Lages Caçapo

Criado em | .

Estilo poético | Versos rimados

Hoje foi cedo o amanhecer
nem foi necessário o soar das batidas do sino maior
que acorda para levantar
para a missa das oito da igreja que não vejo.
Hoje acordei primeiro que os sinos
e não vi mulheres nos xailes de uma só cor preta
encorpados pelo frio que corre.
Nem homens de gravata
no café esperando a primeira devoção
que apenas iam
depois de sentir na alma
o trago de um eduardinho ou duma ginginha sem elas
porque elas já foram à praça
onde estavam frias as maças e as peras
trazidas de longe pelo dorso de um muar
que tinha vindo bem mais cedo que o meu acordar.
Fui à igreja, pensei que estava cheia de xailes
e véus brancos.
Eram poucos no guarda-vento, saí
Fui para o coro para olhar para ti.

______

Comentários a este poema

Adicionar um Novo Comentário
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License