Saudades da minha infância

seguinte » Poema da Água

Autoria | Maria Irene Fernandes Alves (Candeias)

Criado em | .

Estilo poético | Quadras

Quando olho para a Serra
É como lembrar uma mãe
Ao seu colo tem a terra
Que me viu nascer também

Onde passei minha infância
Em tempos que já lá vão
Eu cresci e fui criança
Com tanta imaginação

Sempre a correr e a saltar
Nunca sentia fadiga
Estou sempre a recordar
A minha linda Loriga

Da casa onde eu nasci
Não me vou esquecer
Da minha infância feliz
Os meus sonhos reviver

Esses tempos prediletos
Tão cheios de esperança
Vou contando aos meus netos
Como eu vivi em criança.

______

Comentários a este poema

Adicionar um Novo Comentário
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License