Sem título

ÍNDICE Sem título « anterior |

seguinte » Loriga

Autoria | José Lages Caçapo

Criado em | .

Estilo poético | Versos rimados

Olho e olho as Penhas de encanto
Sem saber se cresceram de baixo
Ou desceram de cima
Mas juntaram-se num canto
E não secam a minha boca.
Construístes uma ribeira
Ficaram por lá as ovelhas
Na planície feitas de dunas
Com arbustos de Covão de Areia.
Já te subi numa noite de luar
E desci a travar que o andar obriga
Mas eterna, amada
E feminina serás
Minha doce Garganta de Loriga.

______

Comentários a este poema

Adicionar um Novo Comentário
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License