Na minha Loriga ainda há pastores

ÍNDICE Loriga de anjo vestida « anterior |

seguinte » Sem título

Autoria | José Lages Caçapo

Criado em | .

Estilo poético | Quadras

Vida simples, vida pura
Guiando o seu rebanho.
Vida sã, mas de vida dura
Sem saber qual o tamanho.

Por courela abaixo ou acima
As cabras comem o seu pão
Nunca darão conta do clima
Mas haverá Inverno e Verão.

Correm por todos os atalhos
Entre fetos, giestas e urzais
Sem que tenham consultor.

Vaidosas com os chocalhos
A badalar todos os seus ais
Tudo se agradece ao Pastor.

______

Comentários a este poema

Adicionar um Novo Comentário
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License