Tradições de Loriga

Autoria | José Lages Caçapo

Criado em | . 2017

Estilo poético | Sonetos

Era de noite à luz duma candeia
Que Sebastião viria do nevoeiro
A mecha apagou e não incendeia
Que vejo já prendas no cambeiro.

Honras, tradições a não perder
Nessa amada terra meu coração
São saudades de já as não ver
Na primeira festa de São Sebastião.

Já não te levarei ao altar fardado
Porque o fraque por longe ficou
Nas batalhas que não ganhámos

Por não saber rezar ficarei calado
Como quem ama e nunca amou
Nesta vida d'amor que sonhámos.

______

Comentários a este poema

Adicionar um Novo Comentário

Páginas relacionadas

Páginas com etiquetas similares:

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License