À minha terra

Autoria | Nuno Mendes Alves Pereira

Criado em | .

Estilo poético | Versos rimados

Loriga minha saudosa terra
Por tudo que para mim encerra
Rodeada de montes e água
Milho verde com folha larga
Gosto de beber nas tuas fontes
Estender o olhar pelos teus montes
Bons ares se respiram
Por ti corações palpitam
Com amor e saudade
Pela tua beleza e lealdade
Permaneces sempre em mim
Com a tua magia sem fim
O teu perfume me inebria
Mês de Agosto, Na.Sra. da Guia
Padroeira dos Loriguenses
Emigrantes e ausentes
Possuir-te sempre na recordação
Sentir-te com afecto e emoção
Em ti procuro saudade de menino
Dentro de ti nasceu o meu destino
Voltarei um dia para te abraçar
Quando para ti regressar
Toda a vida te admirarei
Enquanto viver não te esquecerei
Despeço-me com esta mensagem
Com carinho dedico-te esta homenagem!

______

Comentários a este poema

Adicionar um Novo Comentário
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License