No meio do silêncio

ÍNDICE Memórias « anterior |

seguinte » Sem título

Autoria | Maria Eugénia Gonçalves de Moura

Criado em | Setembro 2015

Estilo poético | Versos rimados

No meio do silêncio
Ouvi uma voz que escutei
Falava baixinho d’alguém.
No meio do silêncio
Consegui perceber
O que me estava a dizer:
Maria Helena,
Mulher de estatura pequena
Alma pura e nobre
Com um doce coração.
Mulher guerreira
Grande no que faz com paixão.
Pioneira na acção.
Mãe, educadora, professora,
Nesta delicada missão
Desempenhou o seu papel
Com alma e coração.
Com nobreza e doçura.
No meio do silêncio
Deu para entender.
Homenagem merecida
A esta mulher querida
Que por causas justas lutou.
Que a Loriga se entregou
Com empenho e dedicação.
Escondida na sua concha
Fazia-se anunciar
Sem se fazer notar.
Sempre presente
Pronta a colaborar.
Esta nobre loriguense
Merece o nosso carinho
A homenagem da Fundação
E numa salva de palmas
A nossa sincera gratidão

______

Comentários a este poema

Adicionar um Novo Comentário
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License