Soneto a Loriga

ÍNDICE Tem de haver um tempo « anterior |

seguinte » Praia de Loriga

Autoria | Ana Leite

Criado em | .

Estilo poético | Sonetos

Arde-me o sol, estas pedras que me queimam
Os pés, nos socalcos de granito,
Arde-me o olhar verdejante da montanha
Ao abraçar o casario alvo e bonito.

Banho-me nestas águas, nestes rios,
Na doce voz dormente das cigarras,
Nos teus degraus descanso dos enredos
Vividos a colher amoras bravas.

Mas ao doce calor segue-se o frio
Desfolhando o pouco verde que se atreve,
Cobrindo-te de uma dura e imensa neve.

E quanto mais te sonho, mais te quero,
Guardo só para mim toda a vontade,
De um dia saciar esta Saudade!

______

Comentários a este poema

Adicionar um Novo Comentário
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License