Pedir emprestada uma broa

As famílias não coziam broa todos os dias no forno público ou comunitário. A maioria cozia de duas em duas semanas. As famílias com um grande agregado familiar coziam a broa com uma periodicidade quase semanal. No entanto, muitas vezes a broa faltava antes de chegar o dia de voltarem a cozer. Devido a isso criou-se o hábito popular de "pedir emprestada uma broa".

De modo geral, as famílias próximas, principalmente vizinhas, não coziam a broa no mesmo dia. Assim, quando alguém cozia broa, a primeira coisa a fazer era devolver a broa que havia pedido emprestada. Poderia também contar que lhe vinham pedir alguma emprestada. Parecia assim que todos os dias havia broa fresca para todos, por "pagar as broas emprestadas" uns aos outros.



Sorry, we couldn't find any images attached to this page.
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License