Foral Manuelino de Loriga

Loriga e a área envolvente era couto senhorial no século XII, revertendo para a coroa em 1249 por foral de D. Afonso III. Em 1474, D. Afonso V, concedeu-lhe novo foral e Loriga, que pertencia à Coroa, foi doada ao fidalgo Álvaro de Machado, como recompensa pelos serviços prestados ao rei. No ano de 1514, D. Manuel I deu à vila de Loriga um novo foral, o último e o mais completo dos Forais Régios, que chegou aos nossos dias. Loriga foi sede de concelho desde a outorga do foral, em 15 de Fevereiro de 1514, até à data da sua extinção, ocorrida em 24 de Outubro de 1855. Tinha Câmara Municipal, cadeia e pelourinho, monumento este que terá desaparecido durante o século XIX.

Foral Manuelino

Foral.jpg


Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License