Fábrica da Fândega

A Fábrica da Fândega, como era conhecida, foi fundada em 1862 por José Marques Guimarães. Na década de 1920, a fábrica passou a pertencer à Sociedade Carlos Nunes Cabral & Companhia. Mais tarde passou a ser propriedade da firma Moura Cabral & Companhia.

Tinha duas rodas hidráulicas, ambas no mesmo edifício junto à ribeira. Uma roda de madeira, com força de 30 cavalos, estava instalada no topo sul do edifício virado para o caminho. A outra era situada a nascente do edifício.

A fábrica produzia frises, saragoças e palmilhas. Encerrou definitivamente em 1949, sendo a primeira das fábricas da vila a paralisar. Uma das razões para o encerramento é atribuída à inexistência de boas vias de acesso.



Sorry, we couldn't find any images attached to this page.
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License