Centro Loriguense de Belém-Pará

Fundado em 1937, o Centro Loriguense de Belém-Pará, no Brasil, foi a primeira Associação Loriguense a ser fundada fora de Loriga e é a única existente no estrangeiro.

História

A reunião realizada em 4 de Julho de 1937 na sede da "União Comercial do Pará", na Rua Senador Manuel Barata, tornou-se memorável quando 113 filhos de Loriga ali acorreram para partilhar da ideia de alguns jovens verdadeiramente bairristas. Esses jovens eram liderados por Joaquim Mendes Simão, e tinham, como sonho, a criação de um núcleo associativo próprio da sua querida terra, que ficava situada lá muito distante.

A primeira Direcção foi nomeada e ficou assim constituída:

Num ideal de amor, força e engrandecimento da sua terra, nasceu o Centro Loriguense em Belém do Pará. A primeira sede social foi instalada na Travessa Frei Gil da Vila Nova. Mais tarde mudou-se para uma casa mais espaçosa na mesma via para, muito mais tarde, passar a funcionar na Associação Vasco da Gama. E assim, os naturais da Vila de Loriga se uniam na recordação, com mais intensidade, à terra que os viu nascer, à casinha pequenina que tinha sido seu berço, invocarem os áureos tempos de suas infâncias, glorificando os familiares que deixaram, lembrando a igreja, o adro, a torre com os sinos, as ruas acanhadas, a escola onde soletraram o A,B,C., o som produzido pelas águas das suas ribeiras, o ruído característico e confuso das fábricas em plena actividade, as hortas, os milharais, os pinheiros, os castanheiros, as amoras silvestres nos muros e valados, as giestas e as plantas florindo no campo, as encostas suaves e agrestes, as andorinhas, os pardais, os folares da Páscoa as fogueiras de São João, a romaria da Senhora da Guia, o Natal festivo, as noites quentes ao luar, os dias tempestuosos do inverno e ainda rendendo culto à memória dos que na sua terra morriam.

O Centro Loriguense de Belém, apesar de distante, tem sido através dos anos, um exemplo máximo de desempenho bairrista e de engrandecimento da Vila de Loriga e continua a ser uma referência de identidade onde todos ainda podem gozar espiritualmente a ventura dos tempos que já lá vão, o presente e a sempre esperança do futuro.

Galardões

O Centro Loriguense de Belém - Pará foi condecorado pelo governo português em 1959, com o Grau de Comendador da Ordem de Benemerência de Portugal, assinado pelo Presidente da República General Craveiro Lopes.

Também foi agraciado pelo Conselho Estadual de Cultura do Pará, com a medalha e diploma "D. Pedro I" comemorativos dos 150 anos da Independência do Brasil.

Possui a Medalha dos 40 anos da Revolução Nacional.

O Estandarte do Centro Loriguense recebeu a Medalha Comemorativa do desfile em Lisboa das Associações Portuguesas espalhadas pelo mundo e as medalhas dos primeiros centenários do Gabinete Português de Leitura do Rio de Janeiro e do Grémio Literário e Recreativo Português de Belém-Pará.

Contactos

Av. Osvaldo Cruz, 531
(Associação Vasco da Gama)
Belém, PA - 66017-090
Brasil

Ligações externas



Sorry, we couldn't find any images attached to this page.
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License